banner e-sic

Hino do Estado do Espírito Santo

Música: Artur Napoleão

Letra: Pessanha Póvoa

 

Surge ao longe a estrela prometida

que a luz sobre nós quer espalhar.

Quando ela ocultar-se no horizonte

Há de o sol nossos feitos lumiar.

 

Nossos braços são fracos, que importa?

temos fé, temos crença a fartar.

Supre a falta de idade e de força

Peito nobre, valente, sem par.

 

(Estribilho)

Salve o povo espiritossantense

herdeiro de um passado glorioso

Somos nós a falange do presente

Em busca de um futuro esperançoso.

 

Saudemos nossos pais e mestres,

a pátria que estremece de alegria.

Na hora em que seus filhos reunidos

dão exemplo de amor e de harmonia.

 

Venham louros, coroas, venham flores,

ornar os troféus da mocidade.

Se as glórias do presente forem poucas

Acenai para nós posteridade.

(Estribilho)

Aguarde, enviando dados!

clear