Vereadores comentaram o veto do Poder Executivo

Prefeito de Iúna propôs veto às 22 emendas propostas pelos parlamentares ao orçamento 2018, mas vereadores mantiveram suas propostas

Vereadores derrubam veto do prefeito
Vereadores derrubam veto do prefeito

Publicado em 04/01/2018 as 17:15 (Atualizado em 16/08/2018 as 20:18), postado por Silvia Goulart - ImppactMidia, Fonte: Câmara de Iúna

Durante a sessão extraordinária, realizada no dia 27 de dezembro para apreciação e votação do veto do Prefeito às 22 emendas propostas ao orçamento 2018, os vereadores analisaram, justificaram suas emendas e mantiveram suas propostas, reprovando o veto do Poder Executivo.

“O Poder Legislativo, inclusive eu, propôs emendas com recursos para outros fins. Hoje eu sou a favor do veto do Prefeito. As emendas retiram R$ 300 mil do orçamento para eventos. Se não votarmos a favor do veto, os recursos caem para R$ 50 mil, para gastar com eventos em 2018, o que pode prejudicar a agenda prevista”, analisou o vereador Everaldo Pereira Sales.

 

“Todas as festas podem ser resolvidas por suplementação. É só enviar o projeto para a Câmara e analisaremos a qualquer momento”, lembrou o vereador Darlan Barglini.

“Além disso, existem R$ 600 mil para serem usados em qualquer outro evento ou projeto”, comentou o vereador Adriano Ornelas.

“As emendas que nós fizemos são em prol do município, para construir áreas de lazer, pontes. Não estamos prejudicando o município, ou estamos sendo contra a administração. Qualquer evento que tiver, a gente pode vir votar emenda suplementar. O meu compromisso é ajudar as comunidades”, explicou o vereador José Marcos de Moraes.

“Não é nada contra o prefeito. Colocamos emenda em São João do Príncipe, em Pequiá. O prefeito tem 1% do orçamento que ele pode fazer o que quiser. Ele pode tirar esses R$ 600 mil e investir em qualquer área”, disse o vereador João Elias Horsth.

“O prefeito não tem atendido nada do que estamos pedindo, por isso resolvemos fazer essas emendas. Está havendo um mal entendido. Não vai ser por causa disso que não haverá eventos e festas aqui. Na hora que for preciso a gente vota em extraordinária. Para fazer festa tiram dinheiro de onde for, mas pra fazer investimento na agricultura não tem recursos. Nossas emendas são para pavimentação, construção de pontes, são para obras no município. Mas se quer fazer festa, a gente estará à disposição para analisar”, discursou o vereador Paulo Henrique Leocádio da Silva.

“Quando analisamos o orçamento e as emendas, convidamos a administração para discutir as propostas. Fiz uma emenda para construir um posto de Saúde em Pequiá no valor de R$ 50 mil, o que não dará nem pra comprar as portas, mas está lá no orçamento e podemos aumentar esse valor. Não está havendo diálogo. Votamos aqui o que a Lei determina”, explicou o vereador Júlio Rodrigues.

 



MAIS NOTICIAS
Campanha Nacional de Vacinação contra Pólio e Sarampo até o dia 31 de agosto

há 2 dias

Campanha Nacional de Vacinação contra Pólio e Sarampo até o dia 31 de agosto

Mesmo as crianças que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço


Licença-paternidade é ampliada para 20 dias

há 26 dias

Licença-paternidade é ampliada para 20 dias

Servidores municipais já podem usar o benefício e ter dias exclusivos para dedicação à família


Comissões especiais: dois relatórios finalizados e nova denúncia será investigada

há 26 dias

Comissões especiais: dois relatórios finalizados e nova denúncia será investigada

Parlamentares relatam falha de pagamento à ex-servidora municipal, por parte da administração pública, e analisará denúncias de pacientes da Santa Casa


Sessão solene em homenagem ao Dia do Evangélico

há 26 dias

Sessão solene em homenagem ao Dia do Evangélico

Evento acontece no dia 24 de julho, às 19h, no plenário da Câmara Municipal


Iluminação pública e serviços de limpeza são fiscalizados pelos parlamentares

há 29 dias

Iluminação pública e serviços de limpeza são fiscalizados pelos parlamentares

Vereadores requerem revisão do contrato da empresa prestadora de serviços de iluminação. Bairro Quilombo e Nossa Senhora das Graças estão às escuras


Juizado Itinerante da Lei Maria da Penha chega a Iúna nesta quinta-feira (19)

há 32 dias

Juizado Itinerante da Lei Maria da Penha chega a Iúna nesta quinta-feira (19)

Ônibus rosa terá atendimento das 8h às 17h, em frente ao Cras, no bairro Quilombo


Vereadores homenageados em evento literário

há 33 dias

Vereadores homenageados em evento literário

Comenda Poeta Michel Antônio foi entregue a parlamentares durante o XIV Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores


Comissão processante vai julgar possíveis irregularidades da gestão municipal

há 46 dias

Comissão processante vai julgar possíveis irregularidades da gestão municipal

Parlamentares aprovaram relatório da Comissão Especial que apurou denúncia sobre eventual prática de crime de responsabilidade fiscal por parte do gestor municipal


Colheita, beneficiamento e degustação: caminhada promete reunir amantes dos cafés de qualidade em Iúna

há 50 dias

Colheita, beneficiamento e degustação: caminhada promete reunir amantes dos cafés de qualidade em Iúna

2ª Caminhada da Colheita do Café acontece na manhã deste domingo (1º de julho). Café colonial, almoço típico e sertanejo de raíz fazem parte da programação


Câmara aprova abertura de créditos adicionais de mais de R$ 1,3 milhão para investimentos na Saúde

há 50 dias

Câmara aprova abertura de créditos adicionais de mais de R$ 1,3 milhão para investimentos na Saúde

Recursos virão do Governo Federal e serão investidos em construção de posto de saúde, compra de veículos, equipamentos e materiais


Saiba como pedir aposentadoria por idade pela internet ou telefone

há 54 dias

Saiba como pedir aposentadoria por idade pela internet ou telefone

Medida começa a vigorar hoje e vale também para salário-maternidade


Revisão geral anual do salário dos servidores municipais é aprovada

há 57 dias

Revisão geral anual do salário dos servidores municipais é aprovada

Dois projetos foram enviados para votação dos vereadores, com revisão no valor de 1,5%, retroativo e referente a 2017, e de 2%, referente a 2018


Aguarde, enviando dados!

clear